Council for the Development of Social Science Research in Africa
Conseil pour le développement de la recherche en sciences sociales en Afrique
Conselho para o Desenvolvimento da Pesquisa em Ciências Sociais em África
مجلس تنمية البحوث الإجتماعية في أفريقيا


‘Lusofonia’ em África: História, Democracia e Integração Africana

‘Lusofonia’ em África: História, Democracia e Integração Africana. Teresa Cruz e Silva, Manuel G. Mendes de Araújo, e Carlos Cardoso (orgs.). Dakar, CODESRIA, 2005, 260 p., ISBN: 2-86978-174-1

Number of visits: 4621

A obra traz importantes reflexões teóricas sobre a temática “lusofonia”, ou sobre redes que tomando como identida de a língua Portuguesa, ultrapassam o continente Africano. Ela contém ainda inquietações teóricas sobre o conceito de renda, questionando a sua pertinência para a análise dos contextos africanos, e questões voltadas para o desenvolvimento, que exemplificam como o habitat, o território, a ecotécnica são corolários sistémicos para um desenvolvimento ecologicamente sustentado a que se devem aliar novos comportamentos e atitudes solidárias consentâneas com as aspirações da justiça social.

Ana Maria Loforte, Departamento de Antropologia e Arqueologia, Universidade Eduardo Mondlane, Maputo, Moçambique.

O desafio deste livro não é de subsumir numa visão dominante as reflexões expostas nesta assembleia de estudiosos, mas proporcionar uma confluência onde várias correntes de pensamentos se misturem e criem um fluxo maior, rico de contribuições vindas de diferentes quadrantes. Trata-se de um grande desafio, pois o encontro de correntes numa confluência não se faz sem turbulências. No leito da corrente maior criada pela confluência destas pesquisas e reflexões, sobrenadam quatro conceitos que servem de balizas para a navegação nesta obra: mutação, transição, espaço e fronteira. Estes quatro conceitos operam finalmente como dois binómios, mutação/transição e espaço/fronteira, que podem ser comparados às luminescências alternadas dos faróis que orientam toda a navegação no mar dos conhecimentos, à procura do bom porto.

Fafali Koudawo, INEP/UCB, Bissau, Guine-Bissau

Nascido no âmbito da Iniciativa Lusófona do CODESRIA e na sequência do simpósio internacional que decorreu sob o mesmo lema, ‘Lusofonia’ em África: História, Democracia e Integração Africana reune trabalhos de um conjunto de 14 autores de diferentes disciplinas de Ciências Sociais. A obra desconstrói e desmistifica o conceito de ‘lusofonia’ através de uma análise rigorosa das identidades e diferenças económicas, políticas e culturais que caracterizam os cinco países. Os autores fazem uma incursão a aspectos tão variados como o colonialismo, as lutas pela libertação nacional e o consequente desabrochar de novos regimes políticos no período pós-independência, as transições económicas e políticas que marcaram estes países desde as economias centralizadas e as tentativas de construção de sistemas políticos de tipo socialista. São igualmente analisados a introdução de economias neo-liberais, de sistemas multipartidários e a construção de sistemas democráticos, sem descurar os casos permeados por situações de conflito. ‘Lusofonia em Africa...’ representa assim um espaço em que se revisita os temas referidos, expondo-os aos novos desafios das mutações económicas, sociais e políticas.

Teresa Cruz e Silva: Historiadora social, docente e investigadora do Centro de Estudos Africanos e Faculdade de Letras e Ciências Sociais, Universidade Eduardo Mondlane, Maputo, Moçambique.

Manuel G. Mendes de Araújo: Geógrafo, docente da Faculdade de Letras e Ciências Sociais e Director do Centro de Estudos de População da Universidade Eduardo Mondlane, Maputo, Moçambique.

Carlos Cardoso: Filósofo e antropólogo, administrador de programas do Departamento de Pesquisa do CODESRIA, Dakar, e investigador permanente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisa, Bissau, Guiné-Bissau.




Comments

tee - 2013-06-21 03:56:24

Replica handbags is replicate of initial handbags, and also duplicate bag provides nearly same content, workmanship, actual coloration, similar emblem, hardware,also package components because initial Replica mulberry handbags. Usually they are able to share a small sector involving authentic Replica Hermes Handbags share of the market.After i go to buy a duplicate Rolex replica watches, there are a few things I take into account.