Council for the Development of Social Science Research in Africa
Conseil pour le développement de la recherche en sciences sociales en Afrique
Conselho para o Desenvolvimento da Pesquisa em Ciências Sociais em África
مجلس تنمية البحوث الإجتماعية في أفريقيا


Conferência Internacional de Estudos sobre a Criança e a Juventude: Juventude, Movimentos Sociais e Redes Sociais em África

Prazo de entrega : 15 de Março de 2014

Nombre de visites : 3469

Data: Agosto 4-5, 2014
Local: Tunis, Tunísia

No quadro do seu Programa de Estudos sobre a Criança e a Juventude, o Conselho para o Desenvolvimento da Pesquisa em Ciências Sociais em África (CODESRIA) tem o prazer de anunciar a sua conferência internacional sobre Juventude, movimentos sociais e redes sociais em África que se realizará em Tunis, na Tunísia de 4 a 5 de Agosto de 2014. A conferência faz parte dos esforços do Conselho no sentido de fornecer uma plataforma aos académicos africanos, pesquisadores e intelectuais interessados nos estudos sobre a criança e juventude, a fim de produzir, discutir e disseminar trabalhos empiricamente fundamentados teoricamente e inovadores sobre a criança e a juventude no continente.

Em África, o período pós-colonial conheceu mudanças sociais significativas nas quais a juventude teve que negociar o processo dentro do qual ela devia dar um sentido às suas vidas. A democratização e a descentralização, apesar de imperfeitas, abriram novos espaços para a contestação, e as reformas económicas levaram a um recuo do Estado em áreas significativas da sociedade, o que conduziu a novas privações, bem como a oportunidades de acumulação. Estas reformas coincidiram com o crescimento económico, aumentando as desigualdades e os altos níveis de desemprego. As ideias por detrás destas reformas são elementos de fluxos globais, que incluem também actividades criminosas transnacionais tais como o tráfico de drogas, que flagelaram os países logo que as guerras intestinas e golpes de estado declinaram em África. Enquanto se encontrava envolvido nestas dinâmicas, o continente foi invadido pela revolução global das TIC.

A juventude, através de redes e movimentos influenciou muitos destes processos, que por seu turno tiveram impacto sobre o significado das suas vidas, a imagem que fazem de si mesmos e se representavam, bem como a maneira como a sociedade percebe e interage com a juventude. A vida associativa da juventude, o activismo e os modos de auto-representação no continente são considerados como tendo sido particularmente influenciados pela revolução global das TIC, o que aumentou o arsenal que a juventude pode mobilizar para criar espaço para a sua auto-realização. Este processo de auto-realização incluiu também o envolvimento das TIC nas actividades transnacionais do crime, incluindo o tráfico e a cibercriminalidade. Longe de serem consumidores passivos das TIC e da mídia social, a juventude africana está a contribuir para inovações do hardware e do software que têm estado na base destes novos modos de vida associativa.

A capacidade imaginativa evidenciada parcialmente nestas inovações, um dom de explorar os interstícios das conjunturas locais, nacionais e globais e um espírito de abertura permitiram à juventude tirar partido dos elementos de fontes espaciais e temporais múltiplas para criar movimentos e redes nos seus esforços de influenciar os processos à sua volta. Essas redes e movimentos merecem uma interrogação contínua tendo em conta algumas questões problemáticas que aparecem nos trabalhos e comentários sobre este assunto. Primeiro, está a insistência na natureza espontânea, apolítica, não partidária dos movimentos e redes como marcas da sua autenticidade e legitimidade sem a devida atenção ao significado destes conceitos, a história por detrás da sua valorização e do seu impacto na política em África. Em segundo lugar, está o tropo do desempoderamento universal da juventude que é ameaçado por uma história de envolvimento dos jovens no pináculo das questões sociais e políticas em muitas comunidades africanas levantando questões sobre o significado de ‘marginalização’, os modos de envolvimento dos jovens nas redes e movimentos e as implicações disso na sua auto-realização. Um ultimo problema assenta na homogeneização omnipresente dos jovens na literatura, que desaparece diante das diferenças geográficas (rural – urbano), étnicas, políticas, raciais, de classe e religiosas que por vezes coloca os jovens em luta uns contra os outros.

Todos estes problemas clamam por um trabalho de interdisciplinaridade que desagregue a categoria ‘jovem’ e de ênfase aos processos em vez de categorias fixas para melhor compreender o dinamismo dos jovens, a abertura e a exploração imaginativa de concorrentes múltiplos.

Embora consciente das múltiplas maneiras de se abordar o tema da conferência, o CODESRIA procura artigos que tratem dos seguintes subtemas, desde que se focalizem na juventude africana:
• Processo de enfatização: a natureza cambiante das redes sociais e movimentos sociais em que estão envolvidos os jovens em África;
• Para além do presentismo: o envolvimento dos jovens em redes sociais e movimentos sociais numa perspectiva histórica;
• Num contexto mais amplo: Juventude, redes e movimentos sociais, e os processos de democratização e reforma económica em África;
• A tarefa de desagregação: género, classe, etnicidade e ideologia no estudo dos jovens, redes sociais e movimentos sociais em África;
• Nas fronteiras da imaginação: vida e invenção pela juventude africana nos interstícios da sociedade;
• Estabilidade e movimento: forjar laços numa idade de mobilidade e fluxos.

Os interessados em participar na conferência, são convidados a enviar os seus resumos e CVs com todos os detalhes de contacto, incluindo endereços de e-mail e números de telefone para o CODESRIA o mais tardar até 15 de Março de 2014. Os autores dos resumos seleccionados deverão enviar os seus artigos completos até 31 de Maio de 2014. Todos os documentos deverão ser enviados por e-mail para child.research@codesria.sn . Por favor use o assunto ‘Criança e Juventude’ ao mandar o seu e-mail.

Programa Estudos sobre a Criança e a Juventude
CODESRIA
BP : 3304, CP 18524
Dakar, Senegal
Tel: +221 33 825 98 22/23
Fax : +221 33 824 12 89
Email : child.research@codesria.sn
Website : http : //www.codesria.org

Fevereiro 10 2014



Commentaires